26 de ago de 2012

O perigo de estar com "fome"




Falando em fome... sou apaixonada por um peixinho grelhado com uma abóbora refogadinha, hum!!! são 11h56 meu estômago aplaudiu rs, mas a verdade é que se estou com muita fome, ou esfomeada o que tiver na mesa eu como, podes crer, até um bife e olha que eu não sou grande fã de carne, mas se não tiver um ovo ou uma torrada... fazer o que? vai o bife mesmo, não vou morrer de fome.

Digo por mim, não sei quanto a você.

Hoje lendo sobre Esaú e Jacó fiquei imaginando, Esaú cansado e com muita fome, chegando em casa e sentindo o cheiro daquela comida saborosa...

No momento de muita fome a pessoa nem pensa, só enxerga a comida na frente, ela faz de tudo para saciar a fome, e em alguns casos até se arrepende depois, porque comeu além da conta ou algo nada saudável.

Foi exatamente o que aconteceu com Esaú, ele estava com "muita fome e também muito cansado."

Devemos nos manter saciados do Espírito Santo, porque é exatamente no momento de "cansaço e fome" que muitos agem no impulso e depois quando vem a razão já é tarde, já trocou a primogenitura por um prato de lentilhas.

Pense nisto!

Um dia, quando Jacó estava cozinhando um ensopado, Esaú chegou do campo, muito cansado,
e foi dizendo: – Estou morrendo de fome. Por favor, me deixe comer dessa coisa vermelha aí (Por isso puseram em Esaú o nome de Edom.).
Jacó respondeu: – Sim, eu deixo; mas só se você passar para mim os seus direitos de filho mais velho.
Esaú disse: – Está bem. Eu estou quase morrendo; que valor têm para mim esses direitos de filho mais velho? 
Gênesis 25:29.32 (Bíblia na linguagem de hoje)