28 de jan de 2012

A tabela do diabo





Sabemos que satanás tem lançado os os seus dardos em nossa direção, e mesmo quando não somos alvejados, precisamos estar atentos as armadilhas que ele deixa a nossa volta.

Muita das vezes nos traz reações, e estas permite ao nosso inimigo lançador de dardos descobrir se fomos alvejados sim, por tabela.

Quando um jogador deseja marcar um gol, procura a fraqueza do seu adversário,  faz uma tabela, e assim finaliza atingindo seu objetivo.

Atenção!  

talvez você  esteja se protegendo do gol direto, mas tem se esquecido da TABELA de satanás, e quando menos esperar pode ser surpreendido. È isso mesmo! ele tenta de todas as formas te confundir, te amedrontar e fazer pensar que está vencido, que não existe mais chance de vencer.

Reaja contra o adversário,  não se deixe levar pelas emoções, use o raciocínio, esteja no domínio do jogo. 

O técnico já lhe deu todas as dicas, vá lá e vença esta batalha! não deixe o adversário marcar nenhum gol sequer.

"Em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou." (Rm 8:37).

24 de jan de 2012

Seguindo de longe







Ora, descendo ele do monte, grandes multidões o seguiram.
E eis que um leproso, tendo-se aproximado, adorou-o, dizendo: Senhor, se quiseres, podes purificar-me.
E Jesus, estendendo a mão, tocou-lhe, dizendo: Quero, fica limpo! E imediatamente ele ficou limpo da sua lepra. (Mateus 8:1.3)



Lendo esta passagem podemos observar sem sombra de dúvidas que aquele homem sofria e muito, seguia o Senhor Jesus de longe, mas no momento em que se aproximou O adorou, então ficou livre daquela lepra.


Muitas são as pessoas que tem "seguido o Senhor Jesus", mas de longe, de acordo com suas vontades, seus pensamentos, ou seja, a sua maneira.
E mesmo sofrendo com algum tipo de lepra (problema que vem matando aos poucos), elas continuam distante.


È preciso muito pouco para ficar livre, basta se aproximar dEle e adorá-lO.


Esta aproximação requer uma entrega total e sincera, é quando você se despoja de tudo aquilo que de alguma forma tem te afastado de Deus, quando ultrapassa toda e qualquer barreira para se achegar a Ele, mesmo que isso signifique contrariar as suas vontades.


Quando isso acontece, imediatamente a pessoa se torna completamente limpa e restaurada, para dar inicío a uma nova vida.


Mas é você quem decide se aproximar ou continuar seguindo de longe...



22 de jan de 2012

Cristão "anêmico"



Quem já teve anemia conhece bem os sintomas, normalmente aparece com muita indisposição, sono, palidez dentre outros.

Ninguém fica anêmico de uma hora para outra (a não ser numa situação que haja muita perda de sangue); mas normalmente vai acontecendo pouco a pouco, um probleminha de saúde mal resolvido, a falta de alimentação adequada, exames periódicos  que não são feitos, etc.

Um Cristão pode se tornar "anêmico", isso acontece quando não cuida de sua vida espiritual como deveria; aquele problema com alguém que virou uma mágoa, a falta da alimentação espiritual no dia a dia,  as coisas vão acontecendo e fazendo com que você perca sangue (a vida) aos poucos, e vai se tornando anêmico sem perceber.

Como podemos diagnosticar um cristão "anêmico":
- Indisposição para as coisas de Deus (está sempre cansado, desanimado, sem forças)
- Sono (As coisas estão bem claras diante dos olhos, mas o sono espiritual não deixa enxergar)
- Palidez (perdeu aquele brilho de quem tem vida, está fosco)

Faça uma auto análise, e você tem estes sintomas, se cuide bem rápido, porque a falta de sangue traz a morte.

Não seja cristão anêmico!


19 de jan de 2012

Morto! Vivo!



Quem na sua infância nunca brincou de morto! vivo!?

Pois é aquela brincadeira que abaixa e levanta, mas o triste é que existem pessoas dentro das igrejas nesta brincadeira até o dia de hoje.
Pessoas que uma hora estão "vivas" ou pelo menos com aparência de quem vive, quando conversamos com elas é assim: estou na fé!, vai dar certo!, já arrebentou!; mas passa 1 semana, 1 mês e entra na fase de  "morta", "eu não sei se consigo, se posso..."

Até quando? até quando?
 Ou você quer ou não!
Até quando ficar nesta brincadeira?

O poder de decisão está nas mãos de cada um de nós, não existe essa de um é mais forte que outro, existe sim: um quer, um decide, enquanto que o outro não sabe exatamente o que quer.

O que eu quero para minha vida ninguém pode fazer por mim, nem me impedir de realizar.

Fiquei assim durante muito tempo na  minha adolescência, mas quando decidi, chutei o pau da barraca e ninguém me segurou.

Decida antes que seja tarde demais.