29 de out de 2009

Que tipo de semente é você?

Você pode observar que muitas são as pessoas que ouvem a palavra de Deus, mas a mesma cai no meio do caminho, entre pedras, nos espinhos, e o mal se aproveita disso para impedir que essa pessoas alcancem a realização pessoal, profissional, familiar, enfim, a realização dos seus sonhos. A semente (palavra de Deus) só pode gerar frutos se for ouvida e praticada. Vejamos:“Eis que o semeador saiu a semear.”

A beira do caminho “E, ao semear, uma parte caiu à beira do caminho, e, vindo as aves, a comeram.” Mt 13.4 Porque caiu à beira do caminho? Muitos são os que estão à beira do caminho! São aqueles que não se submetem à Sua Palavra. A verdade é só uma, ou você está no caminho, ou não está, se você estiver à beira do caminho nunca se irá cumprir as promessas de Deus na sua vida, pois não está definido – essa semente que cai a beira do caminho nunca germinará, e por consequência nunca dará fruto.
Defina-se, ou você está no Caminho, ou não, ou você é, ou você não é! Ficar à beira do caminho é perda de tempo. Nada acontecerá na sua vida.
Entre pedras “Outra parte caiu em solo rochoso, onde a terra era pouca, e logo nasceu, visto não ser profunda a terra. Saindo, porém, o sol, a queimou; e, porque não tinha raiz, secou-se.” Mt 13.6 Esta é aquela pessoa que está na igreja, mas têm um coração endurecido – rochoso. Essa ouve a Palavra, mas a emoção, com o sentimento, com alegria, por fora está alegre mas dentro está a dizer: “Porque eu tenho que fazer assim? Porque não posso fazer assim?…Ah! Mas eu não creio assim, eu acho que não é desse jeito!” São pessoas vulneráveis, se escandalizam fácil, se entregam e desistem muito fácil.
Você não pode ter uma fé de sentimento, a fé é racional. Jamais deveremos estar plantados nas raízes do sentimentalismo, mas sim enraizados na Fé inteligente.
Nos espinhos Outra caiu entre os espinhos, e os espinhos cresceram e a sufocaram. Mt 13.7 São aquelas que se preocupam com os cuidados desse mundo, com os aspectos exteriores. Isso não é o problema, o problema é quando isso se torna um espinho na carne. A sociedade de hoje tenta manipular a nossa forma de vestir falar, viver, é necessário que possamos agir de acordo com a palavra de Deus, e não pela palavra dos outros. Têm pessoas que perdem as bênções de Deus porque ficam fascinados pela riqueza, você pode desejar ser rico, mas não se pode fascinar pelas riquezas.
O seu fascínio tem e deve estar em Deus, com isso Ele lhe dará muito além do que você pede ou deseja.
Em terra boa Outra, enfim, caiu em boa terra e deu fruto: a cem, a sessenta e a trinta por um. Mt 13.8. Este são aqueles que ouvem a palavra de Deus e praticam. Pois há uma grande diferença entre dar o dízimo, e ser Dizimista; ser baptizado e nascer de novo; fazer uma oração religiosa e fazer um clamor de entrega. Porque primeiro, você tem que ser e depois fazer. A grande diferença entre as outras sementes é que o solo é bom, a pessoa já possui uma terra esperando a palavra, assim, tudo fica mas fácil para a germinação.
São aqueles que se preocupam em SER para Deus e depois fazer.
Que tipo de semente é você?

(Bispo Júlio Freitas)


Postar um comentário