7 de fev de 2010

Pipoca faz Bem



Pipoca contra o câncer
Polifenóis contidos no cereal reduzem riscos da doença


A pipoca sempre foi considerada um bom complemento para o lanche, quase um passatempo, um alimento para ser consumido assistindo a um filme ou a um programa de televisão. Só que comer pipoca pode ser muito mais do que uma simples diversão. Depois de muitos testes, cientistas da Universidade de Scranton, na Pensilvânia, anunciaram que a pipoca e outros cereais matinais contêm "quantidades surpreendentes" de substâncias antioxidantes conhecidas como polifenóis - que têm potencial de diminuir o risco de câncer e doenças cardíacas - normalmente encontradas em frutas e legumes. O trabalho foi apresentado durante a 238ª Reunião da American Chemical Society (ACS), realizado em Washington.

De acordo com o estudo, a pipoca tem grande quantidade de polifenóis, que são a principal razão pela qual frutas e legumes - e alimentos como chocolate, café e chá - se tornaram conhecidos por seu potencial para diminuir o risco de doenças.

Até agora, os médicos acreditavam que os cereais eram alimentos saudáveis e ajudavam a combater o câncer e as doenças cardíacas por causa de seu alto teor de fibra, mas, segundo os autores do estudo, ainda não havia sido comprovada a alta presença de polifenóis. O químico Joe Vinson, autor do estudo, disse que recentemente os polifenóis emergiram como potencialmente mais importantes. Os cereais matinais, macarrão, biscoitos e salgadinhos feitos à base de grãos (como pipoca) constituem mais de 66% do consumo de grãos na dieta americana.


Segundo os cientistas americanos, a quantidade de antioxidantes encontrada em cereais integrais é comparável à encontrada nas frutas e legumes, por grama. Os polifenóis são substâncias químicas encontradas em muitas frutas, legumes e outras plantas, como frutas vermelhas, nozes, azeitonas, folhas de chá e uvas. Conhecidos como antioxidantes, eles removem os radicais livres do corpo.

Os radicais livres são substâncias que têm potencial de danificar células e tecidos do corpo. Os cereais integrais com maior quantidade de antioxidantes são feitos com trigo, milho, aveia e arroz, nesta ordem, segundo Vinson.

Segundo o químico americano, farinhas integrais também possuem alto teor de antioxidantes. Já os salgadinhos de grãos integrais tem ligeiramente menor quantidade de antioxidantes do que cereais matinais e, dentre esses salgadinhos, a pipoca é a mais rica em antioxidantes.

fonte arca universal
Postar um comentário