29 de nov de 2009

ILHA DE SANTIAGO

Um pouco de história





Na ilha de Santiago, o contraste entre os ingredientes culturais negros e brancos do passado do arquipélago revela-se com nitidez. Na costa Sul, a 10 km da cidade da Praia, a primeira capital de Cabo Verde – Ribeira Grande – revela ainda hoje a sua ascendência europeia, enquanto que as populações que habitam nas montanhas – cujos antepassados foram escravos que fugiram à repressão – denotam comportamentos culturais tipicamente africanos.


Os navegadores António Noli e Diogo Gomes chegaram a Santiago em 1460 e estabelecer am a primeira colónia portuguesa na Ribeira Grande (actual Cidade Velha). A cidade prosperou como entreposto comercial, reabastecendo navios e no tráfico negreiro. A vulnerabilidade da sua orla costeira, exposta a constantes ataques de piratas e corsários, determinou o seu declínio e transferência, em 1770, da capital e sede do governo do arquipélago para a cidade da Praia.


Entre os corsários famosos que atacaram a Cidade Velha,  destacam-se Francis Drake que, em 1585, a saqueou e, em 1712, o pirata francês Jacques Cassard repetiu a façanha.


Santiago tem actualmente 260 mil habitantes, dos quais cerca de 120 mil residem na cidade da Praia.


Postar um comentário