16 de jun de 2011

Despertando a Curiosidade

Estava caminhando e conversando com meu esposo, tinham flores lilás por todo caminho ele se espantou quando se deparou com essa flor vermelha, ele parou o que estava falando comigo e disse: "olha isso! Essa flor destacada no meio das outras , que diferente!".





 E como eu sou encantada com  flores e a natureza num todo, quando vi aquilo imediatamente peguei meu telemóvel e tirei algumas fotos, mas eu fiquei curiosa, como pode?

Eu disse: amor, alguém passou e jogou essa flor aí, deve estar solta, deve ser isso! mas não me contive, (não estava nem aí rs) abaixei e fui lá mexer na flor e ver de onde ela saía, tinha que saber.

Então bem de pertinho, separando ela dentre as outras  é que pude verificar que, havia  um pequenino tronco que  fora cortado, de  uns 5 cm no máximo (creio eu) que nem dava pra ver direito por que além de minúsculo estava entre as folhas, e dali saía aquela única flor vermelha que chamou nossa atenção, e me despertou a curiosidade de saber sua procedência.








Interessante! como ela se destacava dentre as outras, e apenas ela num tronco tão pequeno!
Fiquei pensando... é exatamente assim que nós devemos ser!

Temos que ser diferentes, em tudo na nossa vida, ao ponto de quando as pessoas olharem para nós despertar nelas a curiosidade de saber de onde provém isso,  o que temos de tão diferente e especial.

Fiquei me questionando, se desperto essa curiosidade nas pessoas, tem que haver essa diferença, não importa de onde vai sair o tronco, mas temos que florescer e nos destacar.

Pense nisso você também.
Postar um comentário